A Epic Games supostamente ofereceu à Sony US $ 200 milhões por exclusivos PlayStation

Achou interessante? Compartilhe com outras pessoas.

A Epic Games supostamente ofereceu à Sony US $ 200 milhões por exclusivos PlayStation

A Epic Games tentou fazer com que a Sony lançasse seus jogos originais exclusivamente na Epic Games Store.

julgamento da Epic Games vs. Apple continua a ser uma mina de ouro na revelação da movimentação e negociação corporativa que ocorre nos bastidores da ultra-secreta indústria de videogames.

A última revelação relacionada ao julgamento diz respeito às ambições da Epic Games para que a Epic Games Store se torne o principal destino para os jogadores comprarem produtos exclusivos da Microsoft, Sony e até da Nintendo no PC. Entre várias táticas para aumentar a base de usuários da loja, a Epic propôs uma estratégia para convencer as principais fabricantes de consoles a trazer seus jogos para o PC.

O documento que explica isso foi aparentemente compartilhado por acidente, pois já foi excluído. Mas não antes de ResetEra fazer uma captura de tela dele. Esta não é realmente a primeira vez que informações confidenciais foram acidentalmente tornadas públicas. A relutância da Sony em disponibilizar cross-play com sua plataforma foi um desses incidentes.

De acordo com a proposta, a Epic estava disposta a oferecer à Sony US$ 200 milhões em garantias mínimas e outros incentivos para obter de quatro a seis exclusivos na Epic Games Store. Não está claro se esses títulos seriam exclusivos para sempre ou por tempo limitado.

Também não está claro se a Epic sabia sobre as intenções da Sony de trazer seus jogos originais para o PC na época, então isso poderia ter sido uma tentativa de convencer a Sony a portar alguns de seus maiores jogos de PS4 para PC. No momento em que este documento foi feito, a Epic ainda não havia recebido nenhum feedback sobre sua oferta para a Sony.

Desde então, é claro, vimos o lançamento de Horizon Zero Dawn no PC – na Steam e Epic Games Store, e atualmente estamos a apenas alguns dias do lançamento de Days Gone, que também será lançado em ambas as lojas no PC.

Mas a Epic não parou por aí. A empresa também estava interessada no conteúdo exclusivo da Microsoft e, na verdade, até começou essa negociação, mas não recebeu um feedback encorajador por parte da gigante proprietária do Windows. Para começar, o documento menciona que o líder do Xbox Game Pass é “contra o que estamos fazendo”, provavelmente se referindo às táticas de compra exclusiva da Epic.

O documento também disse que, como a Microsoft está perseguindo desenvolvedores e editores para colocar seus jogos no Game Pass, a Microsoft está praticamente competindo com a Epic. Por fim, o documento também sugere que a Microsoft e a Valve têm um bom relacionamento, com Phil Spencer e Gave Newell “se encontrando ocasionalmente”.

Quanto aos jogos originais da Nintendo, que a Epic realmente queria buscar, o documento tem pouco a dizer aqui. A Epic chamou de “moonshot”, com base na história da Nintendo em trazer seus jogos para plataformas de terceiros. Na época em que o documento foi escrito, a Epic ainda não havia iniciado essas conversas.

0 0 votes
Article Rating
Achou interessante? Compartilhe com outras pessoas.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] de Fortnite no estilo arcade e um evento com LeBron James) surgiram como parte do julgamento Apple vs. Epic. Algumas dessas coisas ainda podem estar a caminho. A Epic diz que na próxima semana haverá […]