Código-fonte do FIFA 21 e da engine Frostbite foram roubados da EA

Achou interessante? Compartilhe com outras pessoas.

Código-fonte do FIFA 21 e da engine Frostbite foram roubados da EA

Os hackers se infiltraram na EA e roubaram vários códigos-fonte e ferramentas de desenvolvimento, incluindo o código-fonte do FIFA 21 e seu servidor de matchmaking, e parte do código do motor Frostbite. Frostbite foi usado na criação de jogos como Battlefield, Star Wars: Squadrons e o próprio FIFA. No total, 780 GB de dados foram roubados no ataque à empresa.

Isso foi descoberto pela primeira vez pela Motherboard, a divisão de tecnologia da Vice, cuja fonte tinha acesso a um fórum privado que os hackers usaram para discutir o código roubado. A EA confirmou ao Motherboard que houve uma violação, em uma declaração: “Estamos investigando um recente incidente de intrusão em nossa rede, onde uma quantidade limitada de código-fonte do jogo e ferramentas relacionadas foram roubados.”

A EA diz que nenhum dado de jogadores foram roubados pelos hackers, com o código relacionado especificamente ao mecanismo e às ferramentas internas. A EA diz que não houve violação de privacidade, mas desde então aumentou as medidas de segurança em torno da Frostbite. A EA também não espera que o ataque tenha um impacto significativo em nenhum de seus jogos, nem em seus negócios em geral.

Como o código está relacionado ao FIFA 21 e não ao futuro FIFA 22, é improvável que contenha qualquer informação relacionada ao game. Isso também aconteceu depois que a EA anunciou que o FIFA – especificamente FIFA Ultimate Team – é responsável por até um quarto dos ganhos totais de receita da empresa.

Os hackers parecem ter roubado os dados sobre ganhos financeiros, com o fórum privado sendo usado como um mercado para os hackers vendê-los pelo lance mais alto, em forma de leilão. Esse tipo de venda também ocorreu após uma violação massiva de dados da CD Projket Red, onde um número significativamente maior de códigos foi hackeado.

No caso do CD Projekt Red, os hackers fugiram com dados relativos a The Witcher 3 e Cyberpunk 2077, incluindo um bugreel Cyberpunk 2077 que se destinava apenas a ser compartilhado internamente e evidências de que os desenvolvedores rotularam censura relacionada à versão chinesa do jogo com a tag ‘Ursinho Pooh’, em referência ao meme banido.

0 0 votes
Article Rating
Achou interessante? Compartilhe com outras pessoas.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments