Japão: Homem foi preso por gravar filme de Kimetsu no Yaiba no cinema

Achou interessante? Compartilhe com outras pessoas.

Japão: Homem foi preso por gravar filme de Kimetsu no Yaiba no cinema

Um homem de 53 anos foi preso na cidade de Chiba, no Japão, por gravar cerca de meia hora do filme Kimetsu no Yaiba: Trem Infinito, em dezembro de 2020. O homem foi identificado como um trabalhador de uma empresa na própria cidade, e sua prisão ocorreu a 4 dias atrás, em 26 de março de 2021.

Segundo inquérito do departamento policial da cidade, o homem infringiu a Lei de Prevenção à Gravação Não Autorizada de Filmes e a Lei de Direitos Autorais, por gravação ilegal realizada dentro das instalações de um cinema.

O homem admitiu ter realizado as gravações, porém destacou que só gravou as melhores partes do filme para que pudesse “revivê-las” mais tarde. O Japão é um país que luta bastante contra esses tipos de atos, e instituições de cinema japonesas seguem realizando cada vez mais trabalhos para que esse tipo de prática seja desencorajada.

Kimetsu no Yaiba: Trem Infinito (originalmente chamado de Kimetsu no Yaiba: Mugen Ressha-hen)  se tornou rapidamente uma das maiores bilheterias do Japão, e essa foi apenas a primeira prisão por gravações ilegais relacionadas a esse filme, efetuada pelas autoridades japonesas.

Fonte: NHK News Web

0 0 votes
Article Rating
Achou interessante? Compartilhe com outras pessoas.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments